Vinhos chilenos de garagem: Instinto del Maule. 4


Parras C.S Instinto del Maule

Vinhas centenárias de Cabernet Sauvignon dão as uvas para o vinho InsTinto del Maule.

Semana passada tive o prazer de provar outro vinho chileno de garagem (relembre o que é um vinho de garagem, clicando aqui.)

O chileno Felipe Riveros me enviou o vinho de sua produção: InsTinto del Maule. São apenas 4.260 garrafas, produzidas de forma artesanal e embaladas em um belo rótulo, que lembra manchas de vinho.

Felipe Riveros é engenheiro agrônomo-enólogo e já trabalhou em diversas vinícolas no Chile e também na Nova Zelândia. Em 2011 fundou a Forwines e engarrafou sua primeira safra este ano.

O InsTinto del Maule é um vinho que tem como base a uva Cabernet Sauvignon, de vinhas de 108 anos de idade. Com leveduras nativas e colheita manual, passa 10 meses em barricas de carvalho francês e é engarrafado sem filtragem. Vamos ao vinho:

1-IMG_2908

InsTinto del Maule: Botella abierta, botella muerta!

Produtor: Forwines.cl

Região: Valle del Maule, subregião ANDES/ENTRE CORDILLERAS.

Uvas:  Cabernet Sauvignon (45%), Merlot (10%), Syrah (20%), Carmenere (20%) e Petit Verdot (5%).

Envelhecimento: 10 meses em barricas de carvalho francês.

Teor Alcoólico: 14%.

Notas de degustação: Provei o InsTinto del Maule duas vezes e nas duas vezes fiquei impressionada com a suavidade do vinho e facilidade em tomá-lo.

Cheguei a escrever ao produtor, dizendo que esperava um vinho de maior potência, por ter maior quantidade de Cabernet Sauvignon na composição. Felipe me explicou que as vinhas velhas tem taninos mais amadurecidos e amáveis, e que ele quis fazer um vinho que cada copo convidasse ao próximo. “Botella abierta, botella muerta” foi o ditado que ele usou, explicando que quando se abre uma boa garrafa, tomamos ela até o final. Achei sensacional.

Felipe Riveros e seu amigo enólogo Daniel Miranda, brindando com uma taça do InsTinto del Maule.

A cor do vinho é linda, púrpura intenso, brilhante no copo e límpido, apesar da não filtragem. Os aromas são predominantemente de Cabernet: cerejas e amoras negras, pimentão e um mentolado, além de um leve toque de madeira.

Com acidez equilibrada, madeira bem integrada e taninos suaves, o vinho vai muito bem com comida e realmente convida ao próximo copo.

No Chile custa cerca de US$ 25,00 e no Brasil ainda procuram importador. Fica a dica. Saúde!!

 

Comentários

comments


Leave a Reply

4 thoughts on “Vinhos chilenos de garagem: Instinto del Maule.