Veuve Clicquot lança adega no fundo do mar. 2


Veuve Clicquot: envelhecendo champagnes no mar

Veuve Clicquot: envelhecendo champagnes no mar

A Casa de Champagne Veuve Clicquot inova e lança o projeto “Cellar in the Sea”. Esse projeto, que em português seria algo como “Adega no Fundo do Mar” tem como finalidade analisar o envelhecimento de champagnes no fundo do oceano. Não é a primeira vez que se tem notícia de um projeto assim, já em 2012 o Château Larrivet Haut-Brion afundou garrafas da sua safra 2009 no mar Mediterrâneo e antes disso, já se tinha noticia de proposta semelhante na Espanha.

Veuve Clicquot Cellar int he Sea Immersion

Mergulhador afunda adega com mais de 350 garrafas de champagne.

O local escolhido pela Maison Veuve Clicquot para os testes foi o mar Báltico, no norte da Europa, próximo ao Arquipélago de Åland (Finlândia) e foram selecionadas diversas garrafas do famoso champagne: desde os tradicionais Brut Yellow Label e Demi-Sec ao sofisticado Rosé Vintage 2004. Foi nesse mesmo local que, em 2010, foram encontradas 47 garrafas do champagne Veuve Clicquot, todas datadas de 1840, e estavam em ótimas condições.

A Casa de Champagne planeja fazer retiradas periódicas das garrafas no fundo do mar para comparar com os champagnes mantidos nas adegas da Maison Veuve Clicquot, localizada na cidade de Reims, França. Essas análises serão coordenadas pelo chef de cave da Maison, Dominique Demarville que, ao enterrar 300 garrafas de 750 ml e 50 garrafas magnum, tenta desvendar os segredos do envelhecimento no fundo do mar. Bem interessante!

Boa semana com Saúde!!

Comentários

comments


Leave a Reply

2 thoughts on “Veuve Clicquot lança adega no fundo do mar.