Top 100 da Wine Spectator: 2011 é o ano do Douro 2


O número 1 da Wine Spectator: Dow's Vintage Port 2011.

O número 1 da Wine Spectator: Dow’s Vintage Port 2011.

Na semana passada saiu a lista dos 100 melhores vinhos da revista Wine Spectator do ano de 2014. Melhor que publicar listas (você encontra ela aqui) é analisar os resultados.

Entre os 30 melhores vinhos, 5 são vinhos portugueses, da região do Douro e todos da safra 2011. E em primeiro lugar no ranking, o Dow Vintage Port 2011, um vinho do Porto que alcançou 99 pontos pela revista. Achei bastante curioso o resultado, já que no ano passado os vinhos espanhóis tinham tido ótimas colocações, e este ano o primeiro vinho espanhol veio apenas em número 34.

Mas como foi a safra do Douro em 2011? Foi realmente excepcional. 82 casas produtoras de vinho do Porto declararam a safra 2011 como “vintage”, o que significa que neste ano as condições climáticas foram muito favoráveis. Declarar como “vintage” um ano não é um ato unilateral de apenas um produtor, mas várias casas devem acordar sobre o assunto e amostras são analisadas por uma comissão de degustadores do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP). Desde o início do século, só houve 3 safras declaradas como vintage: 2003, 2007 e agora 2011.

2011 teve um inverno chuvoso (que ajudou a encher os reservatórios de água) e a primavera foi quente e seca. O verão foi fresco e seco, com alguns picos de calor. Em resumo, choveu quando era necessário, as uvas amadureceram bem e conseguiram reter acidez. Os vinhos de 2011 apresentam cor profunda e aromas intensos, porém elegantes. Na boca são frescos e estruturados e estima-se grande longevidade para estes vinhos (um editor da Wine Spectator falou que os vinhos iriam durar 100 anos).

O Dow Vintage Port 2011 tem custo de US$ 85,00 e o terceiro lugar o Prats & Symington Douro Chryseia 2011 tem custo de US$ 55,00. Entre os vinhos tintos tranquilos, o Quinta do Vale Meão Douro 2011 ficou com o quarto lugar. Custa US$ 76,00, mas pelo que vi nos sites americanos, os vinhos já estão esgotados ou só chegam em 2015 às lojas. Boa sorte se quiser comprar um!

Parabéns aos produtores dos vinhos do Douro. Saúde!!

Comentários

comments


Leave a Reply

2 thoughts on “Top 100 da Wine Spectator: 2011 é o ano do Douro