Tignanello: esse é o vinho da minha vida. 10


1-IMG_3817

Tignanello 2009: um italiano perfeito!

Provei meu primeiro Tignanello com 24 anos. Mas foi uma noite tão especial e o vinho tão extraordinário, que se tornou o vinho da minha vida.

Estava em Las Vegas com meu marido e fomos jantar em um restaurante do Hotel Bellaggio. E Las Vegas tem de tudo: do pior ao melhor, do extremamente kitsch ao mais luxuoso.

Pedimos o Tignanello, um Supertoscano feito desde a década de 1970 pela família Antinori e o vinho estava espetacular.

Fosse somente isso, seria um excelente vinho. Mas ao final do jantar e, ainda com vinho na garrafa, a garçonete nos convidou a tomar o restante do vinho na varanda, para ver de perto o show das fontes do Bellaggio. O momento, o vinho, a música, a companhia e as fontes dançantes tornaram o Tignanello o vinho da minha vida.

Novamente este fim-de-semana bebemos um Tignanello em casa. Safra 2009, um blend de 80% Sangiovese, 15% Cabernet Sauvignon, e 5% Cabernet Franc, que está tão equilibrado em álcool, taninos, acidez e fruta, que agrada qualquer um. Comprei essa garrafa nos EUA e custou cerca de $75,00. Nada barato por lá, por aqui fica na faixa dos R$ 400,00.

Talvez eu tenha provado vinhos melhores na vida, talvez. Mas o momento com certeza muda a percepção do que provamos. E sendo o vinho bom então, melhor ainda! Excelente feriado e fiquem com as fontes do Bellaggio no filme Ocean’s Eleven

Comentários

comments


Leave a Reply to Fausto Cancel reply

10 thoughts on “Tignanello: esse é o vinho da minha vida.

  • Gmac

    Ale, voce disse tudo neste post. A associacao de sentidos faz toda a diferenca. É como ouvir uma musica em uma viagem bacana, escuta-la em um outro momento e lembrar do que sentia enquanto estava viajando.
    Acredito que com vinho é a mesma coisa.
    Sem duvida, este italiano é esperacular. Parabens pelo post

  • Rodrigo Frota

    Alê, realmente, vinho é vida e a vida é feita de momentos. Alguns tão especiais que nos marcam, como este, em seu caso. Situações que em separado já seriam memoráveis como o Tignanello. Frutado, macio, elegante… Perfeita harmonia, que faz o grande se tornar espetacular! Parabéns por seu blog! Está muito bacana.

  • Túlio Wigutow

    Boa tarde Alessandra. Ouço todos os seus podcasts desde o início e li os livros sobre Austrália e Itália.. Pesquisando sobre o Tignanello 2009, me deparei com o seu Post. Tenho uma garrafa dele e estou em dúvida de quando abrir. O que você acha? Ele ainda vai melhorar? Parabéns pelo seu trabalho. Obrigado, Túlio do Rio de Janeiro.

    • Ale Esteves Post author

      Túlio, obrigada pela mensagem e por prestigiar. Sim o Tignanello está jovem ainda, mas pode ser aberto agora. Este tipo de vinho tem taninos muito altos e acidez que aguenta 20 anos de guarda. Claro que não vou dizer para você esperar tanto tempo, mas com a idade, os taninos ficam bem mais suaves e o vinho ganha outros aromas e sabores. Minha sugestão é: espere mais 2 anos, mas se não quiser guardar tanto tempo, escolha uma data importante e abra. Saúde! Ale Esteves

  • Túlio Wigutow

    Muito obrigado pela resposta Alessandra. Vou seguir o seu conselho e esperar os dois anos, a não ser que surja a grande ocasião!!! Um grande abraço, Túlio.