O Prosecco não vai acabar, fique tranquilo!


Momentos felizes com uma taça de Prosecco, capturados pela talentosa Aline Inagaki. http://www.alineinagaki.photo/

Momentos felizes com uma taça de Prosecco, capturados pela talentosa Aline Inagaki. http://www.alineinagaki.photo/

Há algumas semanas saiu uma notícia nas redes sociais que haveria escassez de Prosecco no mundo, devido ao alto consumo do produto e a pequena safra 2014. É bem verdade que o consumo do espumante italiano tem aumentado no mundo; só nos Estados Unidos o consumo cresceu cerca de 7% no ano de 2014 e também o Reino Unido anda consumindo muito Prosecco (aumento de 55% em 2014, segundo o Wine Intelligence).

Prosecco, relembrando, é um espumante italiano feito com a uva Glera (que se chamava Prosecco). É um espumante frutado, floral, ótimo para ser consumido como aperitivos, com antepastos e até com sushi ou comida asiática. Tem preço bem mais em conta que os champanhes, já que é feito por um processo mais rápido e de menos custo (método Charmat ou tanque).

Por ser fácil de tomar e ter um bom preço, o espumante passou a ser um item para se tomar no dia-a-dia e não só em ocasiões especiais, como era com vinhos espumantes antigamente. Daí o aumento no consumo.

Também houve melhora na qualidade do Prosecco. Hoje em dia há zonas específicas como Valdobbiadene e uma subzona chamada Cartizze, que produzem espumantes complexos e de muita qualidade. Assim os bebedores de champanhe que buscam qualidade e preço, encontraram nesse Prosecco tudo o que procuravam.

Mas voltando à escassez, semana passada o Consorzio Prosecco DOC, órgão que cuida da promoção do vinho, divulgou nota tranquilizando os consumidores. Segundo eles, a safra 2014 realmente foi afetada pelo clima ruim e os rendimentos não foram tão altos. Mas, apesar disso, a safra 2014 ainda foi 17,9% maior que nos anos anteriores.

Sendo assim, fique tranquilo e aproveite seu Prosecco que não vai acabar.

Saúde!

Alessandra Esteves

 

Comentários

comments

Leave a Reply