Os 3 fatores básicos do vinho 1


Eu li uma declaração bem interessante de Warren Winniarki, viticultor de Napa Valley, CA, dizendo que o vinho é formado por 3 Gs: the grape, the ground and the guy. Em tradução livre para o português: a uva, o solo e o cara, ou seja o viticultor.

Tal declaração não poderia ser mais verdadeira para explicar as diferenças de qualidade e as características únicas de cada vinho produzido.

A uva, como ingrediente principal, é o que dá a vida ao vinho; os aromas e sabores conhecidos nos vinhos são típicos em cada uva. A uva Pinot Noir, por exemplo, tem aromas delicados e toques de morango, ao passo que a Cabernet Sauvignon, uva mais robusta, tem aromas de frutas escuras como cereja ou mesmo de vegetais como pimentão verde. A cor do vinho tinto também depende, entre outras coisas, do tipo da uva e da grossura de sua casca.

O solo ou terroir, termo em francês, compreende geografia, geologia (composição físico-química do solo) e clima de certa região. É o que faz a diferença entre um vinho Cabernet Sauvignon produzido em Bordeaux, França, e seus excelentes pares chilenos, cultivados em solo pedregoso ao pé da Cordilheira dos Andes.

Por fim, o viticultor é o responsável pelas decisões sobre plantio, colheita, fermentação, envelhecimento do vinho e mistura (blend) de uvas ou safras. Essas decisões são fundamentais para a qualidade e a singularidade de cada vinho.

Agora que você já conhece os 3 Gs do Vinho, abra uma garrafa e saúde!!!

Comentários

comments


Leave a Reply

One thought on “Os 3 fatores básicos do vinho