Livros para degustar: “O Julgamento de Paris” 8


judgment-of-paris-book-cover

Julgamento de Paris: a capa do livro tem o desenho de uma garrafa e no rótulo estão o título, subtítulo, autor.

Já ouviu falar de um marco histórico no mundo do vinho chamado de Julgamento de Paris??

Acabei de ler o livro “O Julgamento de Paris” do autor George M. Taber (em inglês “Judgment of Paris: California vs. France and the Historic 1976 Paris Tasting That Revolutionized Wine”) que conta a história de uma degustação às cegas realizada na França, em que os novatos vinhos californianos superaram os bordeaus e borgonhas francês.

George M. Taber era jornalista da revista Times na época e o único jornalista a comparecer ao evento (nenhum outro jornalista teve interesse).

Taber, excelente escritor, conta em detalhes sobre o desenvolvimento vitivinícola da Califórnia, o apoio da Universidade da Califórnia – UC Davis, os produtores locais, a história pessoal dos enólogos do Chateau Montelena e do Stag’s Leap, vinícolas vencedoras do desafio.

Conta também como o inglês Steven Spurrier, dono de loja de vinhos em Paris e super bem relacionado no mundo do vinho francês foi escrachado da sociedade de vinhos da época, já que foi ele, juntamente com sua sócia, quem resolveu apresentar ao mundo os vinhos da Califórnia.

Muito bem escrito, muito interessante, vale a pena! Com base no livro e no evento, foi filmado em 2008 o filme “Bottle Shock”, que vou falar em um próximo post. Saúde!!

PS: O Chateau Montelena Chardonnay (vencedor dos brancos) pode ser encontrado no Brasil na Celebrai Vinhos e o Stag’s Leap Cabernet Sauvignon é importado pela Winebrands.

Comentários

comments


Leave a Reply

8 thoughts on “Livros para degustar: “O Julgamento de Paris”