Fondue e vinho! 5 mitos sobre essa harmonização. 2


cheese-fondue

Que tal um fondue de queijo para aquecer a noite?

O inverno vai se aproximando e pensamos em comidas mais pesadas, que combinem com um bom vinho e que aqueçam o corpo e a alma. O fondue de queijo é uma boa pedida. Morando na Suíça por 2 anos, provei muitos fondues e ouvi muitos mitos e algumas verdades sobre harmonização, vejam só:

1) Fondue deve ser servido com chá quente: Ouvi essa pérola de vizinhos suíços, que tinham a teoria que o chá quente ajudava na digestão do queijo gorduroso do fondue. Nunca provei. Se alguém provar, avise.

schnaps_klarer_kirschwasser_medium

Fondue com aguardente de cereja? Crédito da foto: http://blackforest-tourism.com/

2) Fondue deve ser servido com Kirsch (aguardente de cereja): Essa harmonização é adepta de muitos alemães e até faz sentido, já que a aguardente muitas vezes vai na preparação do prato, além de também ser digestiva. Para quem gosta, vale a pena tentar.

3) Fondue não combina com espumante: realmente a combinação é difícil,  já que o espumante tem temperatura de serviço muito baixa, o que para mim não vai bem. Mas há diversas receitas de fondue com champagne na internet, que podem e devem ser harmonizados com espumante, e neste caso sempre brut.

4) Fondue não combina com vinho tinto: Mito. Um vinho leve com poucos taninos, como Pinot Noir, vai muito bem sim. Vi recentemente na página da Villaggio Grando a dica para harmonizar fondue com o vinho Innominabile Lote IV, que é feito com 7 uvas tintas, entre elas a Pinot Noir. Na harmonização que fiz em casa, foi possível apreciar os aromas do vinho e do fondue, sem que houvesse briga. Interessante.

5) Fondue de queijo combina com vinho branco: Verdade verdadeira. Aqui a harmonização é um verdadeiro casamento. Harmonizei com um Riesling Spätlese Feinherb (relembre aqui a classificação dos vinhos alemães) e o vinho e o fondue foram feitos um para o outro. Os sabores do fondue foram realçados por esse Riesling que não é totalmente seco. Outras uvas para harmonizar: Chenin Blanc, Chasselas (suíça).

A dica do Riesling Feinherb quem me deu foi a simpática Vivien, diretora da loja de vinhos Weinkeller. Não pensava que um Riesling semi-seco combinaria tão bem com fondue, mas ela estava certa e valeu arriscar. O vinho que comprei era o Riesling Spätlese semi-seco do produtor Weingut Heinz Pfaffmann. Divino!

Saúde a todos e bom apetite!

Ale Esteves

Comentários

comments


Leave a Reply

2 thoughts on “Fondue e vinho! 5 mitos sobre essa harmonização.