E você acreditou que o vinho fazia emagrecer…


186cx3jgpdy66jpg

Por enquanto, só os ratinhos emagrecem com vinho.

Vários meios de comunicação publicaram nos últimos meses o mais recente benefício do vinho tinto: ser um provável aliado no emagrecimento. Que o vinho tem benefícios como aumentar o colesterol bom, proteger contra doenças cardíacas, afinar o sangue e até aumentar o apetite sexual, todos já imaginávamos. Mas emagrecer?

Um estudo publicado no International Journal of Obesity encontrou uma ligação entre ratos que consumiam resveratrol (um polifenol encontrado em uvas) e menor ganho de peso. E é esse mesmo resveratrol que tem sido associado a uma série de benefícios à saúde, entre os citados acima.

O problema é que não ficou claro se a quantidade de resveratrol presente na maioria dos vinhos tintos seria suficiente para ter qualquer efeito emagrecedor. Ainda que houvesse, talvez o consumo de vinho teria que ser exagerado, o que acarretaria riscos para a saúde em razão do alto consumo de álcool.

Com isso a agência nacional de saúde do Reino Unido, UK’s National Health Service, publicou em seu site declaração dizendo que não há provas que o efeito em humanos seria o mesmo. Pelo contrário, a NHS chamou as manchetes recentes de nonsense (contra-senso, burrice). “Beber bastante vinho tinto não vai levar você a perder peso, mas o oposto. Uma garrafa de 75cl padrão de vinho tinto contém cerca de 570 calorias, o que é mais do que o encontrado em dois hambúrgueres do McDonalds“.

Melhor mesmo é beber moderadamente, sempre.

Boa semana com saúde!

Ale Esteves

 

Comentários

comments

Leave a Reply