Amarone della Valpolicella de R$ 110,00 para a #CBE 1


Degustando o Amarone della Valpolicella Giuseppe Campagnola 2007 para a CBE.

Mais uma vez, escrevo para a Confraria Brasileira de Enoblogs (CBE). Nessa confraria virtual, todo mês alguém escolhe um tema e nós confrades degustamos vinhos, seguindo o tema. Este mês quem escolheu foi o Alexandre Takei, do blog In Vino Veritas: “Valpolicella, vale tudo, do clássico ao ripasso, amarone, recioto.”

Eu que adoro vinho italiano e ainda sou fã de Valpolicella, resolvi experimentar o Amarone della Valpolicella Giuseppe Campagnola 2007. Como o rótulo sugeria, decantei o vinho e deixei o Amarone respirando durante uma hora, antes de prová-lo.

O vinho já tinha 7 anos e apresentava alguns sinais da idade. A coloração já perdia um pouco da vitalidade, indo para o marrom. Apesar disso, o vinho era brilhante e a intensidade de cor bem escura. Longas lágrimas escorriam na taça. No nariz, uma explosão de aromas: chocolate negro, madeira, couro, alcatrão, amora negra, uva passa, tudo isso demonstrando como o Amarone é sim um vinho bem complexo.

Em 2 posts anteriores (relembre aqui), contei como o Amarone é feito. As uvas são deixadas a secar até que virem passas. Com isso, os sabores e açúcar se concentram e o vinho sempre vai ter uma quantidade de álcool maior que outros vinhos.

Esse, no caso, tinha somente 15,3% de álcool. Parece pouco porque a maioria dos Amarones chega a 16% ou 17% de álcool. Mas na boca eu sentia o álcool queimando a garganta. Além disso, taninos maduros, acidez média alta, bom corpo e novamente muitos sabores: chocolate, pimenta, madeira, tostado, fruta negra. Um vinho bem balanceado, de boa concentração de aromas e boa qualidade.

O vinho é feito com Corvina Veronese e Corvinone Veronese (65%), além da Rondinella (35%), na região de Valpolicella, perto de Verona no Vêneto. Esse produtor tem tradição de mais de 100 anos e comprei a garrafa por R$ 110,00, no exterior. No Brasil os Amarones são bem caros, chegando a custar de R$ 200,00 a R$ 400,00.

Foi um bom Amarone, mas não se compara ao Amarone dos produtores Allegrini, Zenato ou Masi Agrícola, que para mim tem final mais longo e melhor qualidade.

Saúde!

 

Comentários

comments


Leave a Reply

One thought on “Amarone della Valpolicella de R$ 110,00 para a #CBE