7 mulheres relatam suas experiências no mundo do vinho 11


Hoje nao sou eu quem vou falar, são elas. Sete mulheres. Sete mulheres que eu conheci quando entrei no mundo do vinho e sete mulheres que eu admiro bastante. Que sirvam de inspiração e que continuemos assim! Feliz dia das mulheres!!

 

daniella romano

Daniella Romano

“Quando escolhi trabalhar no segmento do vinho há mais de dezesseis anos, esse era um universo majoritariamente masculino. Mas isso não chegou a ser um problema, pelo contrário, encontrei colegas extremamente solícitos e amigáveis que sempre me prestigiaram como profissional. Dei inicio ao meu trabalho com os estudos de analise sensorial e fundei a primeira empresa brasileira a produzir as caixas de aromas do vinho. Eu poderia dizer que a dificuldade maior que encontrei foi em função de estar trazendo não só um novo produto, mas principalmente era preciso explicar um novo conceito.

Hoje, definitivamente cada vez mais mulheres estão se especializando em assuntos do vinho, e isso é muito gratificante. Afinal somos o sexo que tem uma sensibilidade muito aflorada e isso é incrível, posso dizer, sem modéstia,  que como avaliadoras temos um grande potencial por causa dessa característica.” Daniella Romano é consultora de vinhos, Sommelière Internacional e idealizadora do Aromas do Vinho.

 

Erika Mesquita

Erika Mesquita

“Sou Nutricionista de formação, com especialização em Nutrição Clínica. Quando me formei achava realmente que seria uma nutricionista clínica, estudaria doenças e me dedicaria a cuidar de pessoas com necessidades nessa área. No entanto, o destino me reservava um mundo repleto de pessoas saudáveis, muita comida gostosa (diferente dos hospitais) e algumas barreiras como em toda profissão.

Eu escolhi o vinho para atuar profissionalmente, mas imagine isso no interior do interior do país! Tive muitas dificuldades porque este mundo ainda é muito masculino, mas algumas mudanças têm permitido a atuação feminina com mais facilidade, como o fato de que as mulheres têm se interessado mais pelos vinhos (especialmente espumantes) e com isso o gosto pelas harmonizações.

Vejo que o grande desafio dessa profissão é tratar o vinho como alimento, como parte das refeições, permitindo que qualquer pessoa, de qualquer classe social possa apreciar a bebida, sem esnobismos, adquirindo conhecimento para comprar o vinho que pode e que vá lhe trazer alegrias junto aos seus amigos e família.” Erika Mesquita é nutricionista, especialista em vinhos pela WSET, sommèliere Internacional pela FISAR e colunista do Jornal Correio de Uberlândia.

Evelyn Fligeri

Evelyn Fligeri

 

“Quando comecei a escrever o Taças e Rolhas e, consequentemente, passei a frequentar o ambiente das degustações, sempre me sentia deslocada. Não só por ser um ambiente mais masculino, mas por perceber também uma certa resistência das pessoas em receber/ aceitar uma nova pessoa no grupo. Confesso que eu sempre arrastava meu marido para me sentir mais “protegida”, talvez.

Os primeiros meses foram difíceis. Mas quando conheci Beto Duarte em uma importadora aqui em São Paulo, aprendi que nem todos do mundo do vinho se posicionam assim. Um novo mundo se abriu. Pessoas prá lá de generosas apareceram em minha vida, me ensinando a cada degustação. Aprendi muito mais com elas do que no curso de sommelier. E os aprendizados foram tantos, que hoje o Taças e Rolhas figura entre os dez blogs de vinhos mais lidos no ano de 2013. Além disso já tive a oportunidade de publicar a minha lista favorita de vinhos na revista Go Where Vinhos.” Evelyn Fligeri é formada em Letras pela USP, professora, sommelière pelo SENAC, certificada pela WSET e editora do Blog Taças e Rolhas.

 

 

Fabiana Gonçalves Mignot

Fabiana Gonçalves Mignot

“Entrei no mundo do vinho despretensiosamente. Já apreciava a bebida e costumava fazer anotações sobre os rótulos que provava. Foi quando tive a ideia de reunir todas essas informações em um blog. No início, as anotações serviam de lembrança para mim mesma. Foi quando os amigos e outras pessoas começaram a consultar a página e a coisa foi “tomando corpo”. Comecei então a investir em cursos, degustações e viagens. Afinal, sou jornalista e tinha a obrigação de passar informações coerentes para os leitores.

Hoje, além do blog, escrevo sobre vinhos para outros meios de comunicação e a bebida tornou-se o foco do meu trabalho. É um mundo muito machista, mas quando você mostra que tem base, ganha respeito do público. Inclusive, as mulheres estão se aproximando cada vez mais desse mundo. A diferença é que elas perguntam mais, querem saber mais. Em breve, deverão dominar o mercado” Fabiana Gonçalves é jornalista, sommelière profissional e editora do blog Escrivinhos.

Janice Prado é

Janice Prado

 

“Não é fácil participar de um universo tão masculino. Primeiro, porque muitos homens não levam “fé” no nosso trabalho e nos isolam de algumas coisas que nos dão credibilidade e conhecimento.

Por várias vezes pensei em desistir, fofocas e exclusões me tiravam o ânimo de escrever, mas por ironia foi um homem, o Beto Duarte, que me incentivou a seguir em frente.

 

Hoje, apesar de ainda lutar por reconhecimento, já me considero feliz e bem sucedida como blogueira. Fiquei muito feliz quando saiu a lista dos blogs mais lidos de 2013 e encontrei meu nome em 6º lugar. Hoje recebo convites para feiras, jantares e viagens… Ainda bem que não desisti!” Jane Prado é formada em comunicação,  fotógrafa, certificada pela WSET e editora do Blog Chateau de Jane.

 

jessica marinzeck

Jessica Marinzeck

 

“Comecei a gostar de vinhos na faculdade. Antes disso, ninguém próximo a mim apreciava a bebida. Foi somente quando me tornei comissária de vôo, onde tive a chance de viajar o mundo e poder degustar vinhos de inúmeros países, que eu decidi: é com isso que eu quero trabalhar!

Me tornei Sommelière e não troco a minha profissão por nada! Comecei minha carreira na Europa e muita gente tinha aquele ar de: Brasileira no vinho? O Brasil tem fama de país pobre, divertido e de mulheres “boazudas”. Mas eu nem ligo para os rótulos e nem me preocupo com preconceito. Quando a gente respeita o que faz, os outros tendem a ter a mesma postura!” Jessica Marinzeck é sommelière certificada pela Court of Master Sommeliers e pela WSET. Editora e apresentadora do ‘O Canal do Vinho’.

patricia brentzel

Patricia Brentzel

 

“Quando entrei no mundo do vinho, felizmente já existiam grandes nomes femininos brilhando, mas ainda assim já enfrentei muito garçom ou até mesmo clientes que se sentiam indignados por receberem aula de uma mulher.

Para desarmar este preconceito, sempre usei 3 armas infalíveis: humildade, conhecimento e simpatia. Um aspirante ou até mesmo um grande apreciador que realmente entende o real espírito do vinho, sabe que trata-se de uma bebida agregadora, que nos proporciona compartilhar sabores, prazeres,experiências e aí nesse quesito, não pode haver desigualdade.” Patricia Brentzel é sommelière, certificada em vinhos pela ABS e WSET e trabalha em sua própria empresa, promovendo palestras, degustações, eventos, enoturismo e atividades como home sommelière.

 

 

Comentários

comments


Leave a Reply

11 thoughts on “7 mulheres relatam suas experiências no mundo do vinho

  • selo7s

    Ale, acho que posso falar sem medo em nome de todas as mulheres do vinho, que sua entrada veio abrilhantar ainda mais nosso universo!! Um feliz DIA DAS MULHERES para você e todas as amigas, do vinho ou não!! Cheers.
    Daniella Romano

  • Epifânio Galan

    Lindo post, Ale!
    Ótima seleção feminina pra representar todas as mulheres no seu merecido Dia Internacional.
    Que continuem nos presenteando com graça, competência, sensibilidade e beleza! Parabéns à todas!

  • Sueli Maestri

    Ale, excelente matéria sobre essas maravilhosas mulheres que fazem a diferença no mundo do vinho. Elas nos representam com louvor! Salut.

  • Renata Gonçalves

    Ale, parabéns pelo trabalho!
    Ainda sofremos preconceito, resistência…, mas vamos trabalhando e mostrando que somos capazes…
    Meu blog não tem ainda 1 mês de vida e está figurando muito bem, apesar das sabotagens, das denúncias dos meus posts sem motivo, apenas por má fé, de não me aceitarem num portal de vinhos, mesmo escrevendo diariamente sobre o tema…
    Me inspiro em ti, nas meninas aqui mencionadas, para continuar, não esmorecer. O Beto tb é um grande incentivador, devo muito a ele…
    Super beijo, querida!
    Sucesso mil!

    • Ale Esteves Post author

      Re, obrigada pela visita e comentários! Desejo um feliz dia hoje e que seu blog cresça muito e seja bastante acessado. Tem mercado para todo mundo! Quanto melhor divulgado o vinho, melhor para todos.
      Grande beijo,

      Ale