10 fatos sobre champagne que você não conhecia! 8


Imagem: Burlingtonwines.net

Imagem: Burlingtonwines.net

Será que você sabe tudo sobre champagne? Teste seu conhecimento com esses 10 fatos abaixo.

Acabo de iniciar meus estudos de champagne para a WSET e, paralelamente, estou fazendo um Master in Champagne. Com isso, tenho descoberto diariamente fatos super interessantes. Resolvi reunir alguns deles aqui, assim você vai aprendendo comigo:

1) champagne é recente: sim, o vinho produzido na região de Champagne até o século 17 era basicamente um vinho tinto tranquilo (sem bolhas) de coloração bem pálida, conhecido por vin gris (ou vinho cinza). Somente se entendeu e se dominou a arte de produzir vinhos com bolhas a partir dos anos de 1800.

2) champagne x Champagne: champagne, em minúsculo, diz respeito ao vinho e Champagne, em maiúsculo, diz respeito à região. E aliás, dizemos o champagne (o vinho champagne) e a Champagne (a região champagne).

3) champagne é um vinho branco, feito com uvas tintas: champagne é basicamente feito com 3 uvas, Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay. Tirando a Chardonnay, as duas anteriores são tintas, mas em Champagne fazem vinhos brancos. Por isso prensar as uvas rapidamente e delicadamente é tão importante; para que não haja contato das cascas com o suco.

4) produtores com mais de 280 anos: a primeira casa de Champagne foi fundada em 1729 e é muito conhecida até hoje, trata-se da Ruinart. Outras como Möet & Chandon, Veuve Clicquot, Lanson e Roederer também foram fundadas ainda nos anos 1700.

Champagne Bollinger5) influência alemã: Já ouviu falar nos produtores Bollinger, Krug, Heidsick, Deutz e Mumm? Pois bem, todos eram companhias alemãs, com grande experiência em vinhos e provenientes da região do Vale do Rio Reno, que investiram em Champagne e se tornaram negotiants (mercadores) ali.

6) influência inglesa: além da Inglaterra ser uma das maiores consumidoras de vinho do mundo (sempre foi, aliás), ela ajudou a indústria a se desenvolver, criando garrafas de vidros mais resistentes. Antes disso, as garrafas explodiam, em razão da pressão interna.

7) vinho doce dos Czares: champagne era o vinho preferido dos Czares da Rússia, mas eles preferiam o champagne doce. Mas o gosto era tão doce, que o açúcar residual era algo comparável ao Sauternes (vinho de sobremesa). Com a revolução russa, os czares caíram e o  consumo também.

8) champagne é da França: Guaraná champagne não existe mais, hoje champagne só é feito na França e é reconhecido pela maioria dos países. O Brasil reconheceu o nome e a apelação francesa só em 2012!!!

9) Dom Perignon é um mito: Dom Perignon foi um excelente viticultor, mas muito do que se fala dele é mito e não verdade. Ele trabalhou muito para melhorar a qualidade dos vinhos de Champagne, mas não descobriu o champagne. O vinho espumante já tinha sido descoberto pelo menos 150 anos antes em Limoux, na França.

10) Grand Cru e Premier Cru: sim, existe essa classificação em Champagne também. Aqui, classifica-se o village, a cidade. São 17 villages Grand Cru e 41 villages Premier Cru. Já procurou um champagne assim?

Deu sede? Aproveite a semana, com muitas bolhas!

Ale Esteves

Comentários

comments


Leave a Reply

8 thoughts on “10 fatos sobre champagne que você não conhecia!